Deixe seu recado aqui:

quarta-feira, 19 de junho de 2013

“Projeto de cura gay”

19/06/2013
 às 3:24

Você lerá que comissão aprovou “projeto de cura gay”. É uma falsa notícia e aqui se explica por quê

Nem tudo se resume à minoria na rua. Há outros assuntos em pauta no país. O blog recebeu ontem quase 300 mil visitas. É provável que alguns novos leitores acabem tomando gosto pela página. Nem todos conhecem os debates travados aqui. Pois bem: nos jornais desta quarta, vocês encontrarão o que já está nos sites e portais. Algo mais ou menos assim: “Comissão de Feliciano aprova projeto da cura gay”. É mentira dupla! Em primeiro lugar, a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara não pertence ao deputado Marco Feliciano (PSC-SP). Em segundo lugar, não existe projeto que prevê a cura gay. Isso é uma fantasia do jornalismo militante. Semelhante àquela que sustenta que o Estatuto do Nascituro é “Bolsa Estupro”. Tenho 51 anos. Quando eu tinha 20 e poucos, 30 e poucos e, acreditem, até 40 e poucos, era proibido fazer militância política em redação. Cada um que tivesse as suas convicções, mas o compromisso tinha de ser com o fato, segundo valores, a saber: defesa da democracia, do estado de direito, da economia de mercado. Era proibido, por exemplo, mentir , simplificar ou trapacear em nome do bem da humanidade. Jornalista reporta o que vê — e alguns opinam. Mas sem inventar o que não existe num caso ou noutro.
Ao fato mais recente: a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara aprovou um Projeto de Decreto Legislativo, do deputado João Campos (PSDB-GO), que susta dois trechos de uma resolução do Conselho Federal de Psicologia. O texto ainda tem de passar pelas comissões de Seguridade Social e de Constituição e Justiça. Se alguém não conhece detalhes do debate — geralmente ignorados porque fica mais fácil fazer proselitismo onde há ignorância, especialmente a bem intencionada — explico tudo abaixo, nos mínimos detalhes,conforme fiz, por exemplo, no dia 2 de maio. Vamos ver.
O Projeto de Decreto Legislativo 234/11 torna sem efeito o trecho do Artigo 3º e todo o Artigo 4º da Resolução 1/99 do Conselho Federal de Psicologia.
Então vamos aos documentos. A íntegra do Projeto de Decreto Legislativo está aqui, com a justificativa. Reproduzo a parte propositiva em azul.
Art. 1º Este Decreto Legislativo susta o parágrafo único do Art. 3º e o Art. 4º, da Resolução do Conselho Federal de Psicologia nº 1/99 de 23 de Março de 1999.
Art. 2º Fica sustada a aplicação do Parágrafo único do Art. 3º e o Art. 4º, da Resolução do Conselho Federal de Psicologia nº 1/99 de 23 de Março de 1999, que estabelece normas de atuação para os psicólogos em relação à questão da orientação sexual.
Art. 3º Este decreto legislativo entra em vigor na data de sua publicação.
Então é preciso fazer o que virou raridade nas redações quando os lobbies “do bem” ditam a pauta; saber, afinal, que diabo dizem os trechos que seriam sustados.
“Art. 3° – os psicólogos não exercerão qualquer ação que favoreça a patologização de comportamentos ou práticas homoeróticas nem adotarão ação coercitiva tendente a orientar homossexuais para tratamentos não solicitados.”
Parágrafo único – Os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades.
Art. 4° – Os psicólogos não se pronunciarão, nem participarão de pronunciamentos públicos, nos meios de comunicação de massa, de modo a reforçar os preconceitos sociais existentes em relação aos homossexuais como portadores de qualquer desordem psíquica.
Comento
Atenção! A proposta de Decreto Legislativo não toca no caput do Artigo 3º. Ele seria mantido intocado. Como deixa claro o projeto do deputado, seriam suprimidos apenas o Parágrafo Único do Artigo 3º e o Artigo 4º.  Como se nota, ao suprimir esses dois trechos da Resolução 1/99, o Projeto de Decreto Legislativo não passa a tratar a homossexualidade como uma doença. É mentira! Também não autoriza a “cura gay”. É outra mentira! São distorções absurdas!
Fato, não militância
Procederei a algumas considerações prévias, até que chegue ao cerne da questão. Avalio que a homossexualidade não tem cura pela simples razão de que não a considero uma doença. E nisso concordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde) e com o Conselho Federal de Psicologia. Assim, não acredito em terapias que possam converter héteros em gays ou gays em héteros (não se tem notícia de que alguém tenha buscado tal conversão). Mais: sexualidade não é uma opção — se fosse, a esmagadora maioria escolheria o caminho da maior aceitação social, e, nessa hipótese, as escolhas poderiam até ir mudando ao longo do tempo, à medida que determinadas práticas passassem a ser mais aceitas ou menos.
Há quem só goste de um brinquedo; há quem só goste do outro; e há quem goste dos dois. Essa minha opinião não é nova — o arquivo está aí. Os espadachins da reputação alheia, como escreveu Balzac, fazem questão de ignorá-la porque gostam de inventar inimigos imaginários para posar de mártires. Muito bem. Até aqui, não haveria por que os gays — ou o que chamo “sindicalismo gay” — estrilar. Mas é evidente que não pensamos a mesma coisa. Entre outras divergências, está o tal PLC 122 que criminaliza a chamada “homofobia”. Trata-se de um delírio autoritário. Já escrevi muito a respeito e não entrarei em detalhes agora para não desviar o foco.
Vamos lá. Desde 22 de março de 1999, está em vigência a tal Resolução 1 (íntegra aqui), que cria óbices à atuação de psicólogos na relação com pacientes gays. Traz uma porção de “considerandos”, com os quais concordo (em azul), e depois as resoluções propriamente. Listo os ditos-cujos:
CONSIDERANDO que o psicólogo é um profissional da saúde;
CONSIDERANDO que na prática profissional, independentemente da área em que esteja atuando, o psicólogo é frequentemente interpelado por questões ligadas à sexualidade;
CONSIDERANDO que a forma como cada um vive sua sexualidade faz parte da identidade do sujeito, a qual deve ser compreendida na sua totalidade;
CONSIDERANDO que a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão;
CONSIDERANDO que há, na sociedade, uma inquietação em torno de práticas sexuais desviantes da norma estabelecida sócio-culturalmente;
CONSIDERANDO que a Psicologia pode e deve contribuir com seu conhecimento para o esclarecimento sobre as questões da sexualidade, permitindo a superação de preconceitos e discriminações
Aí vem o conteúdo da resolução. O caput do Artigo 3º, com o qual ninguém mexe, é correto. Reproduzo:
“Art. 3° – os psicólogos não exercerão qualquer ação que favoreça a patologização de comportamentos ou práticas homoeróticas nem adotarão ação coercitiva tendente a orientar homossexuais para tratamentos não solicitados.”
Está claro, então, que os psicólogos não atuarão para favorecer a patologização da homossexualidade nem efetuarão tratamentos coercitivos. E a parte que cairia? Pois é…Transcrevo outra vez (em vermelho e em destaque):
Parágrafo único – Os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades.
Art. 4° – Os psicólogos não se pronunciarão, nem participarão de pronunciamentos públicos, nos meios de comunicação de massa, de modo a reforçar os preconceitos sociais existentes em relação aos homossexuais como portadores de qualquer desordem psíquica.
Têm de cair mesmo!
Qual é o principal problema desses óbices? Cria-se um “padrão” não definido na relação entre o psicólogo e a homossexualidade. Esses dois trechos são tão estupidamente subjetivos que se torna possível enquadrar um profissional — e puni-lo — com base no simples achismo, na mera opinião de um eventual adversário. Abrem-se as portas para a caça às bruxas. Digam-me cá: um psicólogo que resolvesse, sei lá, recomendar a abstinência sexual a um compulsivo (homo ou hétero) como forma de livrá-lo da infelicidade — já que as compulsões, segundo sei, tornam infelizes as pessoas —, poderia ou não ser enquadrado nesse texto? Um adversário intelectual não poderia acusá-lo de estar propondo “a cura”? Podemos ir mais longe: não se conhecem — ou o Conselho Federal já descobriu e não contou pra ninguém? — as causas da homossexualidade. Se um profissional chega a uma determinada terapia que homossexuais, voluntariamente, queiram experimentar, será o conselho a impedir? Com base em que evidência científica?
Há uma diferença entre “verdade” e “consenso da maioria influente”. Ademais, parece-me evidente que proibir um profissional de emitir uma opinião valorativa constitui uma óbvia infração constitucional. Questões ligadas a comportamento não são um teorema de Pitágoras. Quem é que tem o “a²= b²+c²” da homossexualidade? A resolução é obviamente autoritária e própria de um tempo em que se impõe a censura em nome do bem.
Ora, imaginem se um conselho de “físicos” ousaria impedir os cientistas de tentar contestar a relatividade. O que vai ali não é postura científica, mas ideologia. Se conceitos com sólida reputação de verdade, testados empiricamente, podem ser submetidos a um teste de estresse intelectual, por que não considerações que dizem respeito a valores humanos? Tenham paciência! O fato de eu não endossar determinadas hipóteses ou especulações não me dá o direito de proibir quem queira fazê-lo.
Fiz uma pesquisa antes de escrever esse texto. Não encontrei evidências de resolução parecida em nenhum lugar do mundo. O governo da Califórnia, nos EUA, proibiu a terapia forçada de “cura” da homossexualidade em adolescentes. É coisa muito diferente do que fez o conselho no Brasil. Países que prezam a liberdade de expressão e que não querem usar o discurso da liberdade para solapar a própria liberdade não se dão a desfrutes dessa natureza.
Então vamos lá. Eu não estou defendendo terapias de cura da homossexualidade. Eu não acredito que haja cura para o que não vejo como doença. Também não acho que estamos no universo das escolhas. Dito isso, parece-me uma suma arrogância que um conselho profissional interfira nessa medida na atividade clínica dos profissionais e, atenção!, dos pacientes também! Assim, no mérito, não vejo nada de despropositado na proposta do deputado João Campos. Ao contrário: acho que ela derruba o que há de obviamente autoritário e, entendo, inconstitucional na resolução porque decidiu invadir também o território da liberdade de expressão, garantido pelo Artigo V da Constituição.
É preciso saber ler.
Proponho aqui um exercício aos meus colegas jornalistas. Imaginem um Conselho Federal de Jornalismo que emitisse a seguinte resolução, com poder para cassar o seu registro profissional:
“Os jornalistas não colaborarão com eventos e serviços que proponham qualquer forma de discriminação social”.
“Os jornalistas não se pronunciarão, nem participarão de pronunciamentos públicos, nos meios de comunicação de massa, de modo a reforçar os preconceitos contra pobres, negros, homossexuais, índios, mulheres, portadores de necessidades especiais, idosos, movimentos sociais e trabalhadores”
O idiota profissional diria: “Ah, está muito bem para mim! Eu não faria nada disso mesmo!”. Não, bobalhão, está tudo errado! Você se entregaria a uma “corte” de juízes que definiria, por sua própria conta, o que seria e o que não seria preconceito. Entendeu ou preciso pegar na mãozinha para ajudar a fazer o desenho? O problema daquele Parágrafo Único do Artigo 3º e do Artigo 4º é o subjetivismo. Ninguém pode ser obrigado, não numa democracia, a se submeter a um tribunal que pode dar a sentença máxima com base nos… próprios preconceitos.
Nem nos seus delírios mais autoritários ocorreria a um conselho profissional nos EUA, por exemplo, interferir dessa maneira na relação do psicólogo com o seu paciente. Uma coisa é afirmar, e está correto, que a homossexualidade não é doença; outra, distinta, é querer impedir que o profissional e quem o procura estabeleçam uma relação terapêutica que pode, sei lá, disciplinar um comportamento sexual sem que isso seja, necessariamente, uma “cura”.
Os tais trechos da resolução, entendo, são mesmo autoritários e inconstitucionais. E têm de cair. E o que parece, isto sim, não ter cura é a vocação de amplos setores da imprensa para a distorção. Cada vez mais, a notícia se transforma num instrumento para privilegiar “os bons” e satanizar “os maus”. Isso é militância política, não jornalismo.
Por Reinaldo Azevedo

DILMA AMEAÇA TIRAR INTERNET DO BRASIL SE CONTINUAR AS MANIFESTAÇÕES.

APÓS REUNIÃO, DILMA AMEAÇA TIRAR INTERNET DO BRASIL SE CONTINUAR AS MANIFESTAÇÕES.

Publicado em  | Categoria: CelebridadesCuriosidade

Dilma realmente parece ter se estressado com todo esse alvoroço, após ter sido vaiada naAbertura da Copas das Confederações e acontecendo essa sequência de manifestações em todo o País.  Na tarde da última segunda-feira, (17), Dilma esteve em reunião com Governadores de todo o País. Ela sugeriu  que se continuar os manifestos por um longo período ela irá retirar a internet de todo o Brasil por tempo indeterminado. Parece ser algo completamente absurdo, porém, é o que Dilma almeja fazer. Empresas pequenas, grandes e empresas multinacionais já entraram com uma petição alegando que nos dias de hoje é impossível manter uma empresa sem internet, pois dificultaria muito a comunicação entre colaboradores e clientes. A petição foi negada de imediato, como as empresas não saberiam mais o que fazer, resolveram apoiar todos os manifestantes a organizar mais manifestações.
Esta matéria criada com intuito de descontrair os leitores  Portal Atualizando, a mesma não se trata de uma matéria verdadeira, por isso não leve-a à sério.
FONTE:

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Quem está em Cristo, nova criatura é!

JESUS CRISTO MUDOU MEU VIVER

Gálatas 2.20 -- QUEM VIVE EM MIM

E-mail
Font Size Larger Font Smaller Font
alt

Lemos Gálatas 2.20 e fazemos deste verso o texto áureo de nossa vida:
 
"Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no Filho de Deus, que me amou e se entregou por mim". (Gálatas 2.20)
No entanto, o que significa esta linda expressão: "já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim"?
 
Eu lhe convido a ler comigo alguns outros textos próximos desta mesma idéia.
 
1
Primeiro, ouçamos Jesus dizer:
 
"Da mesma forma como o Pai que vive me enviou e eu vivo por causa do Pai, assim aquele que se alimenta de mim viverá por minha causa". (João 6.57)
"Todo aquele que vive pecando é escravo do pecado". (João 8.34)
"Se alguém me ama, obedecerá à minha palavra. Meu Pai o amará, nós viremos a ele e faremos morada nele". (João 14.23)
 
Quando lemos a história de Moisés, vemos um homem cheio de equívocos sobre si mesmo e ao mesmo tempo vemos o que uma pessoa que aprende com Deus pode vir a ser.
Na primeira vez que ficamos sabendo de Moisés, ele está matando uma pessoa, razão por que teve que fugir. Moisés era alguém que, indignado com a violência, reagia com violência. Moisés vai deixando o Espírito de Deus tomar corpo dentro do seu corpo, ao ponto de o autor bíblico dizer que ele "era homem mui manso ["paciente", na NVI], mais do que todos os homens que havia sobre a terra. (Números 12.3) O explosivo Moisés se tornou o manso Moisés, transformação que pode acontecer em todo aquele que ama a Deus e aprende com Ele.
Quando foi chamado para uma missão no Egito, que culminaria com o êxodo, Moisés achou que ele iria libertar o povo; por isto, temeu e refugou, perguntando: "Quem sou eu para apresentar-me ao faraó e tirar os israelitas do Egito?” (Êxodo 3.11) No entanto, quando Deus diz quem faria a libertação (Disse Deus: "Estenderei a minha mão e ferirei os egípcios com todas as maravilhas que realizarei no meio deles. Depois disso ele os deixará sair" -- Êxodo 3.20), ele aceitou a tarefa. Moisés se torna um vencedor quando sai da autossuficiência de si mesmo para a total dependência de Deus.
Lemos vários discursos de Moisés, o homem que disse que não sabia falar. Talvez não soubesse mesmo, mas aprendeu. Ele estava cheio de Deus e fala dEle com entusiasmo, como um Senhor com quem falava como quem fala ao seu amigo (Êxodo 33.11a -- "O Senhor falava com Moisés face a face, como quem fala com seu amigo").
Deus era o centro da vida de Moisés.
O centro da vida de Jesus não era Jesus; era Seu Pai. Cristo vive em nós quando o centro de nossa vida é Cristo e não nós mesmos. Se é Ele Quem importa em primeiro lugar, Ele vive em nós. Quem conhece e ouve as palavras de Jesus, mesmo aquelas mais incômodas, como o seu alimento diário, vive por causa de Jesus.
Cristo vive naquele que é seu escravo, não escravo do pecado. Podemos pensar, pensar, pensar, mas ou o pecado nos domina ou Jesus nos controla. Ou somos escravos de nós mesmos ou escravos de Jesus. A quem temos escolhido?
Cristo vive naquele que obedece às suas palavras. A comunhão com Jesus começa com o conhecimento da sua palavra, com a audição da sua palavra e com a obediência a sua palavra. 
Esta é a batalha do discípulo. Queremos ouvir a Jesus, mas o nosso eu quer ouvir a nós mesmos. Tendemos a pôr os ouvidos no nosso próprio coração, mas sabemos que precisamos pôr os nossos ouvidos no coração de Jesus. É o pulsar deste coração que realmente nos faz viver felizes.
Jesus é o nosso modelo no nosso relacionamento com Deus.
 
2
Agora, vivamos o que o apóstolo Paulo escreveu aos romanos:
 
"Se vivemos, vivemos para o Senhor; e, se morremos, morremos para o Senhor. Assim, quer vivamos, quer morramos, pertencemos ao Senhor". (Romanos 14.8)
"Neste caso, não sou mais eu quem o faz, mas o pecado que habita em mim". (Romanos 7.17)
"Ora, se faço o que não quero, já não sou eu quem o faz, mas o pecado que habita em mim". (Romanos 7.20)
"Pois se vocês viverem de acordo com a carne, morrerão; mas, se pelo Espírito fizerem morrer os atos do corpo, viverão, porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus". (Romanos 8.13-14)
 
Estes versos lançam fora todo o cinismo, como o de uma mulher que procurou um advogado.
Ela era viúva  e um vizinho se aproximou dela, dizendo-se apaixonado. Prometeu que iria casar com ela e ela o colocou dentro de casa. Após a primeira noite, em que compartilharam a mesma cama, ele foi embora e disse que não queria casar mais com ela.
A vizinhança ficou sabendo que os dois tiveram um caso. Ela ficou envergonhada. Por isto, procurou o advogado, em busca de uma reparação por danos morais à sua honra. Em sua justificativa, ela disse: "Eu sou evangélica e a situação ficou muito difícil para mim na minha igreja".
Seu pecado não a incomodava. Tendo vivido uma situação desagradável, queria agora ganhar dinheiro com o seu próprio pecado.
À primeira leitura dos seus argumentos sobre o pecado, o apóstolo Paulo nos deixa à vontade. Ele admite que é um pecador. Ele reconhece que o pecado ainda o domina. Ficamos, então, à vontade. Como pecadores, estamos na companhia do apóstolo Paulo.
No entanto, o apóstolo Paulo nos deixa constrangidos. Quando pecamos, somos escravos do pecado, como disse Jesus (João 8.34). Então, precisamos morrer para o pecado. Queremos?
É constrangedor: ou pertencemos ao pecado ou pertencemos a Deus. Ou somos habitados por Deus ou somos habitados pelo pecado.
Precisamos mortificar (matar) nossos atos naturais. Alguém nos ofende, ofendemos. Alguém nos seduz, seguimos. Alguém nos magoa, magoamos. Todo mundo faz, fazemos.
É claro que não conseguimos não pecar, mas não podemos desistir de viver sem pecar.
 
3
Dirigindo-se aos gálatas, Paulo nos orienta:
 
"É evidente que diante de Deus ninguém é justificado pela Lei, pois “o justo viverá pela fé”". (Gálatas  3.11)
"Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito". (Gálatas  5.25)
 
Um dos nossos piores inimigos e o senso de justiça própria, que gera revolta quando as coisas dão errado. 
Um homem teve o seu casamento destroçado. Ele dizia que fez tudo certo, mas as coisas não deram certo. Separado, durante um tempo viveu como um crente, mas não encontrou uma namorada para retomar sua vida conjugal. Então, se cansou. Ele dizia que não valia a pena ter feito as coisas certas e que não era justo ele continuar sozinho, ele que sempre foi obediente a Deus, e que agora iria resolver as coisas do seu jeito. E seguiu seu instinto vida afora.
 
Devemos tomar cuidado. Não somos capazes de não pecar.
Ótimo: então vamos continuar pecando, já que não conseguimos não pecar...
Não, não é isto o que a Palavra de Deus afirma. O que a Bíblia nos diz é que somos incapazes de não pecar, mas devemos mortificar nossos desejos pecaminosos, sejam quais forem. 
O que a Bíblia nos diz que a fé nos capacita a não pecar, no sentido, de não desejar pecar e de evitar as situações que nos facilitem pecar.
Um dos nossos pecados é achar que podemos não pecar por nós mesmos, 
Outro dos nossos pecados é achar que, como não conseguimos não pecar, então que pequemos sem culpa.
O que precisamos é nos agarrar ao desejo de viver pelo Espírito de Deus, não por nossa carne. Nossa canção deve ser: "não eu, mas tu, Senhor". É neste sentido também que pertencemos ao Senhor.
 
4
O mesmo Paulo orienta a Timóteo sobre a fonte de uma vida autêntica, que melhor compreendemos lendo Tiago.
 
"Quanto ao que lhe foi confiado, guarde-o por meio do Espírito Santo que habita em nós". (2Timóteo 1.14)
 
"Adúlteros --  grita Tiago contra aqueles que querem viver dois amores ao mesmo tempo, lembrando Deuteronômio 32.21a (em que Deus diz: "Provocaram-me os ciúmes com aquilo que nem deus é e irritaram-me com seus ídolos inúteis") --, vocês não sabem que a amizade com o mundo é inimizade com Deus? Quem quer ser amigo do mundo faz-se inimigo de Deus. Ou vocês acham que é sem razão que a Escritura diz que o Espírito que ele fez habitar em nós tem fortes ciúmes? (Tiago 4.4-5)
 
O conflito continua. No meu coração. Nos nossos. Sobretudo, se a decisão envolve dinheiro. As se memorizássemos o que Jesus disse: “Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro". (Mateus 6.24) Ah se prestássemos a atenção à reação de algumas pessoas a esta declaração de Jesus: "Os fariseus, que amavam o dinheiro, ouviam tudo isso e zombavam de Jesus".  (Lucas 16.14) Os fariseus e tantos de nós somos habitados pelo dinheiro. Muitos dizemos: o que importa é dinheiro no bolso.
O Espírito Santo habita em nós, mas o pecado também habita em nós. Nosso coração é o palco de uma batalha espiritual. Nossa tarefa é escolher o lado nesta luta. Se escolhemos o Espírito Santo, ele triunfará. Se escolhemos o pecado, ele nos vencerá.
Se escolhemos o Espírito Santo, alegramos o Espírito Santo. Se, escolhemos o pecado, entristecemos o Espírito Santo habitante em nós ("Não entristeçam o  Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção" -- Efésios 4.30)
O "ou, ou" é dramático. Ou alegramos ou entristecemos o Espírito Santo. Não tem meio termo, como nossas vidas parecem achar.
 
5
Termino com um texto paulino que é perfeitamente sinônimo de Gálatas 2.20:
 
"Mas graças a Deus, que sempre nos conduz vitoriosamente em Cristo e por nosso intermédio exala em todo lugar a fragrância do seu conhecimento; porque para Deus somos um aroma de Cristo, nos que se salvam e nos que se perdem". (2Coríntios 2.14-15)
 
Na minha infância conheci um homem exemplar, como pai e como cristão. A máscara, no entanto, do irmão José (nome fictício) caiu quando meu pai conheceu um homem que era funcionário da mesma loja em que trabalhava o irmão José. Um dia a conversa entrou pelo campo da fé.
-- Você conhece o José? -- perguntou meu pai.
-- Conheço.
-- Ele também é da minha igreja.
A resposta, desagradável, foi:
-- Conheço o José. Nunca imaginei que fosse crente.
Anos mais tarde, José foi se revelando. Abandonou a família, largou a igreja e foi viver a vida que, parece, sempre quis, sem nenhum aroma de Cristo. 
 
Não somos justificados por nós mesmos, isto é, não vencemos o pecado por nós mesmos. É impressionante como nos esquecemos disto, quando fazemos listas do que é e do que não é pecado... para os outros, quando lamentamos os pecados... dos outros, quando fazemos uma hierarquia de pecados, em que os piores são os que os outros cometem e os menos graves são os nossos.
Não pecamos? Foi Deus quem nos conduziu no itinerário da santidade. Foi o Espírito que habita em quem venceu, não a nossa carne. A carne não vence a carne. A carne perde para a carne, sempre.
O perfume que sai de nós não foi produzido por nós: foi produzido pelo Espírito Santo. A marca do nosso perfume é "Jesus Cristo".
 
6
Então, voltamos ao texto áureo de Paulo aos Gálatas:
"Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no Filho de Deus, que me amou e se entregou por mim". (Gálatas 2.20)
 
Se você foi "crucificado com Cristo", você morreu para si mesmo. Se morreu, você não vive mais. Você se belisca e vê que está vivo. Sim, você vive. Na verdade, não é você quem vive, é Cristo quem vive em você.
Esta vida que você vive se desenvolve no corpo, isto é, na sua vida cotidiana, na sua história. E você só vive esta história pela fé que tem em Jesus Cristo como Filho de Deus, como seu Salvador, como seu Senhor.
É crucificado com Cristo aquele que morreu para si mesmo, para que Cristo viva.
É crucificado com Cristo aquele que sabe que é amado por Jesus e recebe este amor, sabendo que vive por causa deste amor.
É crucificado com Cristo aquele que deixou na cruz o seu eu, feito de desejos e vontades.
É crucificado com Cristo aquele que deixou sua vida na cruz, para viver a vida de Jesus, possível por causa da habitação do Espírito Santo.
É crucificado com Cristo aquele que recusa o domínio do pecado sobre a sua vida.
É crucificado com Cristo aquele que tem alegria em ser habitado pelo Espírito Santo.
É crucificado com Cristo aquele que, sabendo que no seu coração se trava uma batalha espiritual, entre o Espírito Santo e o pecado, escolheu o lado do Espírito Santo.
É crucificado com Cristo aquele que fica constrangido quando peca.
É crucificado com Cristo aquele que tem prazer em dar prazer ao Espírito Santo.
É crucificado com Cristo aquele que não olha para os pecados dos outros, mas para os seus.
É crucificado com Cristo aquele que se deixa conduzir pelas mãos de Jesus para a vitória da santidade.
É crucificado com Cristo aquele em quem Cristo vive.
 
Cristo vive em você, se a sua fé é nele e para ele, não em você mesmo, não em alguma pessoa.
Cristo vive em você, se você é cristão em tempo integral, não em tempo parcial, quando está na igreja, quando está lendo a Bíblia
Cristo vive em você, se você aceita com a mente e com o coração que Ele morreu em seu lugar, embora você merecesse morrer e só não morreu por causa do magnífico amor de Jesus que o substituiu.
Cristo vive em você, se você matou sua autossuficiência na cruz.
Cristo vive em você, se você morreu com Ele na cruz, tendo o seu pescoço quebrado, seu topete derrubado, seu coração de pedra trocado por uma coração de carne, seu orgulho mortificado, e sua vida agora é conduzida por Jesus Cristo (cf. PIPER, John. Do Not Nullify the Grace of God. Disponível em
Cristo vive em você, se você se olha no espelho e diz "Cristo vive em mim" ou dialoga com uma pessoa e tem a coragem de se expor assim: "Cristo vive em mim".
Cristo vive em você, se é Ele toca a música que você toca. No cinema, quando um grande músico aparece tocando uma música, há um truque: o ator aparece, mas é outra pessoa que toca, uma pessoa que sabe tocar. Nós somos como estes atores: não sabemos música, mas, se formos humildes, e deixarmos o músico tocar, a melodia encantará o mundo.
 
***
Posso eu cantar assim? Pode você garantir assim?
"Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no Filho de Deus, que me amou e se entregou por mim". (Gálatas 2.20)


ISRAEL BELO DE AZEVEDO

A Verdade Sobre o Inferno... Não deixe de ler, é Interessante!


JESUS CRISTO MUDOU MEU VIVER


por Terry Watkins


"E no inferno ergueu os olhos, estando em tormentos. . .” Lucas 16:23 

O que você está para ler, é difícil de acreditar. . . 
Nós vamos examinar o lugar que a Bíblia chama de inferno. Nós apresentaremos evidência documentada para esse lugar. Não leia superficialmente. Se o que você vai ler é verdade — VOCÊ pode ESTAR EM SÉRIO PERIGO! 


Vários anos atrás um livro foi publicado, Além da Porta da Morte, escrito por Dr. Maurice Rawlings. Dr. Rawlings, especialista em Cirurgia e Doença Cardiovascular, ressuscitou muitas pessoas que tinham estado clinicamente mortas. Dr. Rawlings, um ateu devoto, considerava "que a morte é nada além de uma extinção indolor". Mas algo aconteceu em 1977 e isso trouxe uma mudança dramática na vida de Dr. Rawlings! Ele estava ressuscitando um homem, terrificado, que gritava — estou caindo nas chamas do inferno:

"A cada momento que recuperava a batida do coração e a respiração, o paciente gritava: "Eu estou no inferno!" Ele estava aterrorizado e suplicava para que eu o ajudasse. Eu estava morto de medo. . . Então eu notei o olhar genuinamente alarmado na face dele. Ele estava com um olhar terrificado, pior que a expressão de morte! Este paciente tinha a atitude de quem expressa um horror extraordinário! Suas pupilas estavam dilatadas, e estava suando e tremendo. Então ainda outra coisa estranha aconteceu. Ele disse,"Você não entende ? Eu estou no inferno. . . Não me deixe voltar para o inferno!" . . .O homem estava sério, e finalmente eu concluí que ele realmente estava em dificuldade. Ele estava em pânico, como eu nunca tinha visto antes ". (Maurice Rawlings, Beyond Death's Door,(Thomas Nelson Inc., 1979) p. 3).
Dr. Rawlings disse, ninguém, que tivesse ouvido os gritos dele e visto o olhar de terror em sua face, poderia duvidar durante um único minuto que ele estava, de fato, em um lugar chamado inferno! A Bíblia adverte continuamente de um lugar chamado inferno.

Há mais de 162 referências só no Novo Testamento que adverte sobre o inferno. E mais de 70 destas referências foram ditas pelo próprio Senhor Jesus Cristo!

Em Lucas 16, Jesus Cristo dá um quadro assustador do inferno:
22 . . . e morreu também o rico, e foi sepultado;
23 E no inferno ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio.
24 E clamando disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim e manda a Lázaro que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua; porque estou atormentado nesta chama.
25 Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado, e tu, atormentado.
26 E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, tampouco os de lá passar para cá.
27 E disse ele: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai.
28 Pois tenho cinco irmãos, para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento. (Lucas 16:22-28)
O INFERNO É UM LUGAR DE FOGO

O homem em Lucas 16:24 gritava: ". . .Estou atormentado nesta CHAMA." Em Mateus 13:42, Jesus diz: "E lançá-los-ão na FORNALHA DE FOGO: ali haverá pranto e ranger de dentes. Em Mateus 25:41, Jesus diz: "Apartai-vos de mim, malditos, para o FOGO eterno,. . ." Apocalipse 20:15 diz, " E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no LAGO DE FOGO."

A BÍBLIA DÁ A LOCALIZAÇÃO DO INFERNO

Quando Jesus Cristo morreu na cruz, Ele desceu ao inferno. Em Atos 2, está Pedro falando, v. 31." Nesta previsão, disse da ressurreição de Cristo, que a sua alma não permaneceu no INFERNO" Quando Jesus Cristo morreu a alma dele entrou no inferno. E em Mateus 12:40, Jesus Cristo diz: "Pois, como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim estará o Filho do homem três dias e três noites no SEIO DA TERRA. " A Bíblia é clara — O inferno é no interior da terra! Efésios 4:9, diz de Jesus: "Ora, isto - ele subiu - que é, senão que também antes tinha descido às PARTES MAIS BAIXAS DA TERRA?."

Na página 85 de Além da Porta da Morte, Dr. Rawlings relata pacientes que descreveram o inferno dizendo, ". . este lugar parece ser SUBTERRÂNEO ou DENTRO DA TERRA de algum modo."

O Birmingham News, de 10 de Abril de 1987 publicou um artigo intitulado "O Centro da Terra é Mais Quente Que a Superfície de Sol, os Cientistas Dizem ". O artigo declarou que os cientistas descobriram recentemente que "O NÚCLEO DA TERRA TEM UMA TEMPERATURA DE MAIS DE 12.000 GRAUS FAHRENHEIT!"

Você tem visto cenas de vulcão explodir e vomitar um lago de fogo de dentro da terra—consumindo tudo com seu calor por quilômetros? Quando o Monte Santa Helena entrou em erupção em 18 de maio de 1980, foi descrito por repórteres, " quando INFERNO apareceu na terra ". O livro, Vulcões, O Despertar da Terra (p.91) descreve um vulcão em erupção como " descida ao INFERNO ".

Milhares de anos atrás, a Bíblia descreveu um lugar chamado inferno no coração da terra que coincide exatamente com o que a ciência está descobrindo.

SIM! EXISTE UM LUGAR CHAMADO INFERNO!

Em Números 16, a Bíblia conta das pessoas que entraram no inferno vivos! "E A TERRA ABRIU A SUA BOCA, e os tragou com as suas casas, como também a todos os homens que pertenciam a Corá, e a toda a sua fazenda. E eles e tudo o que era seu desceram vivos AO SEPULCRO, e a TERRA OS COBRIU , e pereceram do meio da congregação." Números 16:32-33

No interior da terra, neste mesmo momento, há milhões de almas perdidas e atormentadas, queimando, lamentando sem nenhuma esperança!

Em Marcos 9:46, Jesus Cristo fala sobre o inferno: "Onde SEU VERME não morre, e o FOGO nunca se apaga."

Jesus disse explicitamente — SEU verme — não um verme, ou o verme — mas SEU verme. A Bíblia ensina que os cristãos vão um dia ter um corpo como o de Cristo. Pode ser, como alguns estudantes da Bíblia ensinam - que os homens e mulheres no inferno assumem a forma de seu pai, Satanás (João 8:44)? Em Apocalipse 12:3, Satanás é descrito como um dragão vermelho. Jesus Cristo poderia estar se referindo ao corpo que os homens e mulheres perdidos terão para eternidade?

A crosta da terra tem normalmente 50 milhas (80 Km) de espessura. Você teria que descer 50 milhas até a extremidade do fogo. Mas em partes do fundo do oceano, a crosta da terra tem menos que uma milha (1,6 Km) de espessura.

Cientistas recentemente descobriram rachaduras no fundo do oceano, onde o fogo estava vazando. Você sabe o que eles acharam ao redor destas aberturas? Vermes com oito pés (2,5 m) de comprimento, não encontrados em nenhum outro lugar no mundo!

O livro, O Fundo do Mar, por Joseph Wallace (p.39), se lê, " Talvez as mais estranhas das criaturas do oceano descobertas recentemente é a Riftia, os VERMES de tubos gigantes. Medindo mais de 8 pés de comprimento, os vermes SÓ são ENCONTRADOS PERTO DAS ABERTURAS EM MAR PROFUNDO."

E Jesus Cristo disse, "Onde SEU VERME não morre, e o fogo nunca se apaga."

Apocalipse 14:10 diz, " . . . e será atormentado com fogo e ENXOFRE . . ." e Jó 18 descreve o " . . . LUGAR do que não conhece a Deus" (vs 21), no versículo 15 como, " . . .espalhar-se-á ENXOFRE sobre a sua habitação." . Você sabe onde o enxofre é encontrado? NO INTERIOR DA TERRA! De acordo com o livro Volcanoes por Pierre Kohler (pág. 43), quando Mt. Sta. Helena explodiu em 1980-foram lançadas 150.000 toneladas de gás sulfuroso (gás de enxofre)! Jó é o livro mais velho da Bíblia, escrito há mais de 3.000 anos, e Jó já sabia o que a ciência não conheceria por anos— no interior da terra está o ENXOFRE!

NOTA DO TRADUTOR, que por acaso é geólogo.

Admite-se geralmente que toda a terra consiste em envoltórios esféricos de densidade e de composição diferentes. A hipótese aceita é a seguinte:
0 a 50 km - SIAL >> Constituído de Silício e Alumínio predominantemente.
50 a 1.200 km - SIMA >> Constituído de Silício e Magnésio predominantes.
1.200 a 2.900 km - Envoltório de Sulfetos (Enxofre) e Óxidos predominantes.
2.900 a 6377 km - NIFE >> Núcleo de Níquel e de Ferro predominantes.
Podemos a título de ilustração relativa, comparar a terra a um ovo, onde a crosta (onde vivemos) é a casca e abaixo dela (a clara e a gema) somente existem materiais rochosos fundidos e incandescentes a altas pressões e temperaturas, que podemos ver quando um vulcão explode e esse material (lava) é expelido. Dessa maneira dá-se uma idéia de quanto é pequena a crosta em relação ao tamanho da terra.

LEIA O SEGUINTE! ". . . que cavem até o inferno . . ." Amós 9:2

O artigo seguinte apareceu num jornal da Finlândia bem respeitado, Ammenusastia:
"Como um comunista eu não acredito em céu ou na Bíblia mas, como um cientista eu acredito agora no inferno, " disse Dr. Azzacove. " Desnecessário dizer que ficamos chocados ao fazer tal descoberta. Mas nós sabemos o que nós vimos e nós sabemos o que nós ouvimos. E estamos absolutamente convencidos que nós perfuramos pelos portões do inferno!"

Dr. Azzacove continuou,". .A perfuratriz, de repente, começou a girar velozmente indicando que tínhamos chegado a um grande bolsão vazio ou uma caverna. O sensor térmico mostrou um aumento dramático da temperatura para 2,000 graus Fahrenheit ".

"Nós abaixamos um microfone, projetado para descobrir os sons de movimentos tectônicos abaixo da galeria. Mas em vez de movimentos de placas nós ouvimos uma voz humana, gritando de dor! No princípio pensamos que o som estava vindo do nosso próprio equipamento ".

" Mas quando nós fizemos ajustes nos equipamentos, nossas piores suspeitas foram confirmadas. Os gritos não eram de um único humano, eles eram gritos de milhões de humanos!"
O INFERNO É UM LUGAR DE TORMENTOS

Jesus diz do homem em Lucas 16: 23 "E no inferno ergueu os olhos, estando em TORMENTOS. . . " 24 ". . . porque estou ATORMENTADO nesta CHAMA." 28 ". . .LUGAR DE TORMENTOS."

É humanamente impossível compreender a descrição da Bíblia sobre o inferno. Nada na terra se pode comparar. Nenhum pesadelo poderia produzir um terror para comparar ao do inferno. Nenhum filme de horror poderia ser tão assustador. Nenhuma cena de crime com sangue e tudo poderia iniciar uma comparação com o horror desse lugar.
Você verá o INFERNO. . . 

Você sentirá o cheiro do INFERNO. . . 
Você respirará o INFERNO. . . 
Você ouvirá o INFERNO . . . 
Você sentirá o INFERNO. . .
Você estará diante de algo além de qualquer coisa humanamente imaginável! A Bíblia descreve como prantos (Mateus 8:12), lamento (Mateus 13:42), ranger de dentes (Mateus 13:50), trevas (Mateus 25:30), chamas (Lucas 16:24), queimando (Isaías 33:14), tormentos (Lucas 16:23), castigo perpétuo! Jesus Cristo diz em Mateus 25:41, "Apartai-vos de mim, malditos, PARA O FOGO ETERNO, preparado para o diabo e seus anjos".

Em Mateus 13:42, diz Jesus: " E os lançará na FORNALHA DE FOGO: ali haverá pranto e ranger de dentes ".

O INFERNO É PARA SEMPRE!

Todos que entrarem no inferno — abandonem qualquer esperança! O horror do inferno - durante até mesmo um segundo é insuportável - mas será para SEMPRE!

Jesus diz em Mateus 25:41: ". . . Apartai-vos de mim, malditos, para o FOGO ETERNO, . . ." Apocalipse 14:11: "E a fumaça do seu TORMENTO sobe PARA TODO O SEMPRE: e não têm REPOUSO, NEM DE DIA NEM DE NOITE...."

Qual poderia ser possivelmente o preço da eternidade no inferno? Não foi a toa que Jesus Cristo advertiu tanto sobre inferno! Não foi em vão que Jesus disse em Marcos 8:36, "Pois que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e PERDER A SUA ALMA?"

Jesus Cristo levou o inferno muito a sério. . . Jesus Cristo diz em Marcos 9:43-47,
43 E, se a tua mão te escandalizar, corta-a: melhor é para ti entrares na vida aleijado do que, tendo duas mãos, ires para o inferno, para o fogo que nunca se apaga.
45 E, se o teu pé te escandalizar, corta-o: melhor é para ti entrares coxo na vida do que, tendo dois pés, seres lançado no inferno, no fogo que nunca se apaga.
47 E se o teu olho te escandalizar, lança-o fora: melhor é para ti entrares no reino de Deus com um só olho do que, tendo dois olhos, seres lançado no fogo do inferno.
Jesus Cristo levou o inferno tão a sério : Ele poderia dizer sem hesitar - remova seu olho, corte sua mão ou pés, se isto o mantivesse fora do inferno!

Se o inferno não é real, Jesus Cristo foi o homem mais enganador que já existiu! Eu desafiarei qualquer um para ler as palavras de Jesus Cristo e me falar que são palavras de um homem enganador! Jesus Cristo sabia exatamente sobre o que Ele estava falando!

Como Jesus descreveu o inferno? Jesus Cristo falou mais em inferno que qualquer outro assunto. Então veja como Jesus descreveu o inferno:
"fogo" Mateus 7:19, 13:40, 25:41 

"fogo perpétuo" Mateus 18:8, 25:41 
"eterno juízo" Marcos 3:29 
"fogo do inferno" Mateus 5:22, 18:9, Marcos 9:47 
"juízo" Mateus 23:14, Marcos 12:40, Lucas 20:47
"condenação do inferno" Mateus 23:33
"ressurreição da condenação" João 5:29 
"fornalha de fogo" Mateus 13:42, 50 
"o fogo que nunca se apaga" Marcos 9:43, 45 
"o fogo nunca se apaga" Marcos 9:44, 46, 48 
"onde o seu verme nunca morre" Marcos 9:44, 46, 48 
"pranto e ranger de dentes" Mateus 13:42, 50 
"pranto e ranger de dentes" Mateus 8:12, 22:13, 25:30 
"tormentos" Lucas 16:23 
"atormentado nessa chama" Lucas 16:24 
"lugar de tormentos" Lucas 16:28 
"trevas exteriores" Mateus 8:12, 22:13 
"tormento eterno" Mateus 25:46
SE JESUS ESTÁ CERTO... Hebreus 9:27 diz, "E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso O JUÍZO:" é designado para o homem morrer uma vez . . . e um dia — VOCÊ morrerá . . . E no inferno ergueu os olhos, estando em tormentos . . .

Quando você deixa seu corpo - você percebe que algo está acontecendo. Você ouve um som. . . cada vez mais alto e mais alto. . . gritando. . .chorando. . lamentando. Terror e temor além de qualquer coisa que você poderia imaginar, o atinge. " Isto não pode estar acontecendo! " você grita. Suas narinas estão enchendo do fedor terrível das almas queimando. Sua face sente o calor. Chamas estão saindo agora de seus olhos, nariz, orelhas, boca - toda abertura em seu corpo há chamas saindo. Seu corpo está chiando e está crepitando nas chamas...

Seu corpo está tremendo agora loucamente e está em convulsão pela dor horrível. " Por que eu não morro? ", você grita. Você começa a lamentar e ranger seus dentes com os milhões. " Quando esta dor cessará? " Mas você sabe que nunca terá fim. . .

A escuridão é terrificante, começa a envolvê-lo. Você sente algo se movendo na escuridão. . . algo horrível está acontecendo. " Não! Não! Isto não pode estar acontecendo " você grita - enquanto seu verme está surgindo...

Você começa a amaldiçoar o dia você nasceu. Você grita -" Oh Deus, por que você não me avisou?" - mas você se lembra do pastor que insistiu para que você receba a Jesus Cristo. Você se lembra de ler aquela mensagem do evangelho. Você chora - " Deus você não se preocupa?" - mas você se lembra de João 3:16 "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." - " Deus é um Deus de amor - Ele não permitirá isto ", você chora - mas você se lembra de João 3:36,". . mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece."."

E você logo percebe, que Jesus Cristo estava certo! Existe um lugar chamado inferno. E VOCÊ ESTÁ LÁ — PARA SEMPRE!

Mas Deus é um Deus de AMOR. . . Por que um DEUS DE AMOR me enviaria ao inferno? Sim, Deus é um DEUS DE AMOR - mas Deus também é um DEUS SANTO. Um DEUS SANTO exige pagamento pelo pecado. Caso contrário Deus não seria e não poderia ser SANTO..

Porque Deus é santo o pecado deve ser condenado. Josué 24:19 diz, ". . é DEUS SANTO;. . . que não perdoará a vossa transgressão nem os vossos pecados."

MAS MEU AMIGO, EU TENHO BOAS NOTÍCIAS!

Deus não quer você no inferno O inferno não foi feito para o homem. Mateus 25:41 diz, o inferno foi, ". . . preparado para o diabo e seus anjos."

Porque Deus é um DEUS DE AMOR. E Ele O AMOU tanto que enviou Seu Filho, Jesus Cristo, para nesta terra morrer uma morte cruel numa cruz, para pagar o preço que, um DEUS SANTO exige para seus pecados.. Romanos 5:8 diz, "Mas Deus prova o seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores"

Deus não envia ninguém ao inferno. Você escolhe o inferno quando rejeita a Cristo. Quando você recusa o presente de amor da parte de Deus, a vida eterna em Jesus Cristo. . .

VOCÊ ESCOLHE O INFERNO!

O milionário Ted Turner, disse em uma entrevista, que " eu estou olhando para o futuro e me vejo morrendo e sendo lançado no Inferno. É lá que é o meu lugar". Você diz - ele é um bobo! Mas amigo, quando você diz " Não" para Jesus Cristo e Seu pagamento pelo nosso pecado - você está dizendo a mesma coisa! Você está falando para Deus - eu não preciso de Jesus Cristo - eu pagarei meus pecados no inferno!

Se você rejeitar o presente de Deus que é a vida eterna em Jesus Cristo UM DIA VOCÊ ESTARÁ NO INFERNO!

Dr. Rawlings observou como milhares de pessoas partem para a eternidade. A maioria das pessoas pensam que vão entrar "de alguma maneira" no céu, mas o Dr. Rawlings acredita que a maioria das pessoas desça nas chamas do inferno!

Jesus Cristo deu uma advertência solene em Mateus 7:21-23 "Nem todo o que me diz: Senhor. Senhor! entrará no reino dos céus. . . MUITOS me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade." Se fosse durante alguns dias, alguns meses, alguns anos ou até mesmo um milhão de anos, mas ser atormentado SEMPRE!

Você ficará desesperado de nunca ter qualquer libertação! Você implorará pela morte para vir e o levar embora! Você amaldiçoará o dia que você nasceu! Apocalipse 14:11 diz, " E a fumaça do seu TORMENTO sobe para todo o sempre; e não têm repouso NEM DE DIA NEM DE NOITE ".

Qual poderia ser o valor de uma eternidade no inferno?

Jesus Cristo disse em Marcos 8:36: "Pois que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma? Ou que daria o homem pelo resgate de sua alma?" Deus tem algo bem melhor que palavras para descrever, para aqueles que O amam. I Coríntios 2:9 diz: ". . . As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu. E não subiram ao coração do homem. São as que Deus preparou para os que o amam."

Amigo, há um lugar chamado inferno! E, se você recusa continuamente o presente de Deus de vida eterna em Jesus Cristo - da mesma maneira que, seguramente, você vive e respira - UM DIA VOCÊ DESPERTARÁ NO INFERNO!

Não espere até que você morra para descobrir a verdade sobre o Inferno! Amanhã pode ser muito tarde! Provérbios 27:1 diz, "Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que produzirá o dia."

Três pessoas morrem todos os segundos, 180 todos os minutos, desde que você começou lendo isto, 2.000 ou mais pessoas entraram para a eternidade! Um acidente de automóvel. . . Um ataque do coração. . , Uma queda. . .Uma coisa é CERTA — você MORRERÁ — hoje. . . amanhã . . . uma semana. . . um mês . . . um ano. . . 5 anos. . . 10 anos. . . 20 anos. . . 50 anos — UMA COISA É CERTA —" . . .é designado para o homem MORRER uma vez . . ."

NÃO MORRA SEM JESUS!

Você pode ter cometido alguns erros terríveis em sua vida. Pode haver algumas coisas em sua vida que você daria tudo para poder mudar. Mas amigo, eu asseguro - se você morre sem Jesus Cristo - será o pior erro que você poderia cometer!

Existiu um tempo e um lugar em sua vida, que você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal? Se não, você está a caminho do inferno!

Não deixe ninguém o convencer que quando você morre estará por toda parte! A Bíblia diz em Hebreus 9:27: "E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso O JUÍZO." Apocalipse 20:15 diz: "E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no LAGO DE FOGO."

Se você nunca recebeu Jesus Cristo como seu Salvador, curvou sua cabeça neste minuto e pediu para que o Senhor Jesus o salve, não perca mais nem outro segundo!

NÃO HÁ VALOR QUE PAGUE ESTA CHANCE!

É simples ser salvo ...
  • Reconheça que você é um pecador. "Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer." Romanos 3:10 "Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus." Romanos 3:23
  • Reconheça que você não pode se salvar por si mesmo. "Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças, como trapo da imundícia; ..." Isaias 64:6 "Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou, ..." Tito 3:5
  • Reconheça que Jesus morreu na cruz para pagar pelos seus pecados. "Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro..." 1 Pedro 2:24 "... Àquele que nos ama, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados," Apocalipse 1:5
  • Simplesmente pela fé receba Jesus Cristo como seu Salvador pessoal. "Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem em seu nome, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus." João 1:12 " ...Senhores, que é necessário que eu faça para me salvar? E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa." Atos 16:30,31 "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." João 3:16
VOCÊ GOSTARIA DE SER SALVO? Ore esta oração e sinta-a com todo o seu coração: Senhor Jesus, eu sei que sou um pecador, e a menos que me salve estarei perdido para sempre. Eu te agradeço que tenha morrido por mim no Calvário. Eu venho a ti agora, Senhor, da melhor maneira que eu conheço, e te peço que me salve. Eu te recebo agora como meu único e suficiente Salvador. Em nome de Jesus, Amém. Se você proferiu esta oração, procure hoje mesmo uma congregação que todos lá gostariam de lhe fornecer mais informações para o ajudar em sua nova vida em Jesus Cristo.

"Como escaparemos nós, se não atentarmos para uma tão grande salvação.." Hebreus 2:3

Faça seu Pedido de Oração Aqui!

Postagens populares

VIU? TODO MUNDO VÊ - ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI



























LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Publicidade: